Piada da realidade ou a realidade virou piada?

piada-da-realidade-ou-a-realidade-virou-piada

Como conquistar as mulheresOlá querido Leitor. Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e o Amor da doce e Sempre Virgem Maria estejam com todos vocês.

Um amigo me mandou um link relativo a um desses engraçadíssimos sites sátiros que me chamou atenção pelo aspecto factual muito mais realista do que ele se pode perceber num primeiro momento.

A noticia, que pode ser vista neste link, relata sobre uma “decisão” do STF que proíbe as mulheres de beijarem homens feios, alegando ser preconceito.

Após alguns bons momentos de rizada, parei para pensar em algumas coisas, que colocam essa versão satírica dentro de um contexto real e muito mais evidente do que se pode imaginar.

Podemos aqui citar alguns exemplos reais, como o fato de não ser de hoje que vemos anúncios comerciais explorando de maneira exacerbada a sensualidade tanto do homem quanto da mulher. Ultimamente, em alguns comerciais que estão circulando na Europa e nos Estados Unidos, as mulheres são colocadas como “imperatrizes tiranas” que devem ter tudo o que desejarem (veja exemplo neste link), ou músicas onde os homens tratam mulheres como verdadeiras “guloseimas” ou objetos descartáveis (exemplo neste link), ou ainda composições que desprezam a essência humana rebaixando-o a um animal ou coisa pior (Exemplo neste link).

Na famosa peça teatral Cyrano de Bergerac, Cyrano, hábil com as palavras porem esteticamente desagradável consegue conquistar a bela Roxxane, por quem nutre um amor secreto, através de cartas, sendo capaz até de ajudar o jovem Christian conquistar-la com versos e poesias por ele ditados.

Esta ficção demonstra o pensamento de uma época onde muito mais importante que a beleza exterior estavam os atos, cortejos e as demonstrações de sentimentos verdadeiros. Resumindo, era mais importante a alma que a expressão estética de uma pessoa.

Veja também

Este pensamento foi incutido na sociedade pela Santa Igreja durante muitos milênios, através da contemplação Divina na criação, em especial o homem e sua alma que é, sem a menor sombra de dúvida, a criação mais elaborada, complexa e admirável de Deus.

Na sociedade atual, cada vez mais materialista e egoísta, há uma transferência da contemplação dos dons transcendentes para simples observações imanentes. O bonito é o estético, bom é o suave e o correto é o que eu quiser.

Este trabalho gradual de inverter as cadeias de valores e a sensibilidade do indivíduo foi deflagrado pelo movimento revolucionário desde a época da revolução francesa, com intensidade cada vez maior e assustadora, no intuito de assim produzir uma nova sociedade onde o evanescente seja admirado ao invés do duradouro e onde as aparências tomem o lugar do sublime.

Esta “ditadura da estética”, trás consigo um mal oculto e muito maior, pois propicia tanto ao Estado quanto à mídia propagandista e subsidiada por grandes grupos globalistas, como os Rockefellers por exemplo, possam promover seus planos velados de controle de opinião e conduta individuais e coletivos.

Basta você ver as campanhas de substituição de suplementos alimentares naturais por comprimidos alopatas com o pretexto de terem resultados mais rápidos e duradouros, a “imposição” e “massificação” das cirurgias plásticas, implantes de silicone e outros caprichos estéticos, com o objetivo de colocar a “vitrine corporal” como grande meta de vida ao invés do desenvolvimento intelectual, a construção de uma família cristã e sadia e a salvação da alma.

Não devemos nunca deixar de admirar as verdadeiras coisas lindas da vida. Uma flor que nasce no campo, um pássaro que voa no céu, o rio que corre e enche de vida uma floresta. Em todas essas coisas, podemos contemplar Deus, assim como nas coisas lindas que existe na alma de cada ser humano criado a sua imagem e semelhança.

Quando limitamos nossos olhos apenas ao exterior, sem nos importarmos com a essência das coisas, estamos de fato nos tornando muito mais feios e detestáveis. Assim sendo, quando alguém tenta se afastar de pessoas ocas, estéreis intelectualmente e sem nenhum elemento agregador a sua própria história, portanto extremamente horrível, é rejeitada como preconceituosa e intolerante.

Olhando por este prisma, podemos afirmar sem medo de errar que a realidade virou uma piada comparado ao tempo em que uma situação insana como esta seria uma piada da realidade.

Um grande abraço a todos e até o próximo post.

Mais para você:

Deixe seu comentário