Pelo menos 3 morrem durante velório do papa copta no Cairo

pelo-menos-3-morrem-durante-velorio-do-papa-copta-no-cairo

Cairo, 18 mar (EFE).- Uma multidão de egípcios se despediu neste domingo do papa da Igreja copta Shenouda III, na catedral de Abassiya, no Cairo, onde o caos da aglomeração causou a morte de pelo menos três pessoas e ferimentos em cerca de 40.

Desmaios e sintomas de asfixia foram registrados dentro e fora da catedral, onde foi instalada uma câmara com o corpo do religioso. Fontes de segurança informaram à Agência Efe que pelo menos três pessoas morreram e 40 ficaram feridas, a maioria asfixiada.

Grupos de voluntários ligados à catedral eram os únicos que tentavam controlar a multidão.
Quase não havia presença policial e os poucos agentes que estavam fora do complexo da catedral contemplavam a cena com olhar impassível, enquanto dois carros de combate militares frente ao templo também não faziam nada para controlar a massa de gente.
Segundo a agência oficial ‘Mena’, policiais e militares cooperaram com a segurança da catedral para controlar a situação, mas pelo que constatou a Agência Efe, sua intervenção foi pequena.
O chefe da Junta Militar egípcia, o marechal Hussein Tantawi, e outros altos cargos do Conselho Supremo das Forças Armadas estiveram presentes no velório.
Nascido em 1923, Nazir Gayed, que mais tarde se transformaria em Shenouda III, foi designado em 1971 papa de Alexandria e Patriarca da Igreja Copta Ortodoxa de San Marcos, após a morte de Kirilos VI.

Deixe uma resposta