Jesus Sacramentado, Nosso Deus Amado! A História da Festa de Corpus Christi

jesus-sacramentado-nosso-deus-amado-a-historia-da-festa-de-corpus-christi

Jesus Sacramentado, Nosso Deus Amado! A História da Festa de Corpus Christi

Olá caro leitor. Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e o amor de Maria Santíssima, Mãe de Deus e Nossa (Lc. 1,43) estejam com todos vocês.

A Igreja celebra no dia de hoje a Festa de Corpus Christi, lembrando a todo o mundo a presença real do Cristo na Hóstia Consagrada.

Os Sacramentos são sinais visíveis deixados por Jesus a nós para confirmar nossa fé, sendo estes 7:

  • Batismo
  • Eucaristia
  • Confissão e Penitência
  • Confirmação (Crisma)
  • Unção dos Enfermos (antiga extrema-unção)
  • Matrimonio
  • Ordem (Sacerdotal).

Sem dúvida alguma o mais significativo sacramento existente na Igreja é o sacramento da Eucaristia, pois nele, simples pão e vinho se tornam, após a consagração no altar, verdadeiramente Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, cumprindo-se assim a sua promessa de estar conosco todo os dias até a consumação dos séculos. (Mt 28,20b).

Desde sua instituição, na Quinta-Feira Santa, a Eucaristia tem tornado possível um intimo contato de Cristo conosco. Entretanto, não são todos que realmente creem na realidade. Assim como São Tomé teve que tocar as chagas de Nosso Senhor para comprovar a autenticidade de sua Ressurreição, muitos questionaram a real presença de Deus na Eucaristia.

Muitos alegavam ser a eucaristia apenas uma figuração, um simbolismo, e não algo real. Os Cátaros, hereges dualistas europeus do século XI, começaram a propagar esta falsa doutrina, gerando muita confusão e dúvida na mente dos Cristãos da época.

Veja também

Milagre durante a missa do padre Pedro de PragaUm padre, de costumes irrepreensíveis, chamado Pedro de Praga, viva em angustiosa dúvida sobre a real presença de Deus nas espécies consagradas. Decidiu então ir em peregrinação até o túmulo de São Pedro e São Paulo em Roma, no intuito de pedir a Deus o dom da Fé. Ao passar pela cidade de Bolsena (Itália), celebrou uma Missa, e no momento da consagração foi novamente acometido pela dúvida. Rezou fervorosamente a Deus e no momento que levantou a Hóstia, Deus o respondeu em forma de um milagre esplendoroso! A Hóstia Branca, feita de pão ázimo(a mesma a que vemos hoje nas missas pelo mundo) se transformou em carne humana, espirrando sangue e manchando o corporal, o sanguíneo e as demais toalhas do altar. Todavia a mão do padre não ficou manchada, pois a parte em que ele segurava entre os dedos continuava com as características do pão ázimo.

Simultaneamente, uma jovem freira agostiniana, de nome Juliana de Mont Cornillon (ou Juliana de Liége), recebeu diversas visões, onde Deus pedia que fosse incluso no calendário litúrgico da Igreja uma festa para celebrar a presença viva do Cristo na Hóstia Consagrada. Estas visões foram passadas em privado ao arcebispo de Liége, que mais tarde veio a se tornar o Papa Urbano IV.

Traslado das Espécies Sagradas para Orviedo, ItáliaAo saber do milagre ocorrido na missa do padre Pedro de Praga, prontamente o Papa Urbano IV ordenou que os objetos fossem enviados para Orviedo, onde ele pessoalmente receberia os objeto sagrados e depositaria na Catedral de Santa Prisca. Este translado foi a primeira procissão do Corpo e do Sangue de Cristo.

Estes e outros fatos anteriores, como o milagre de Lanciano, fizeram o papa decretar a Festa do Corpo de Cristo (Corpus Christi), em 11 de agosto de 1264, pela Bula “Transiturus”. Ficou estabelecido que a festa seria celebrada na quinta-feira(em alusão a quinta-feira santa) sub-sequente a festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes.

Milagre de LancianoInfelizmente, esta bula foi emitida pouco tempo antes da morte do Papa Urbano IV, tendo pouca repercussão no inicio. Mas, propagou-se por algumas Igrejas. A primeira festa de Corpus Christi foi celebrada em Colônia, na Alemanha, em 1270.A partir de então, a procissão foi difundida para a Alemanha, França e Itália, sendo esta realizada em Roma desde 1350.

A festa de Corpus Christi marca todo o ano a profissão de fé da comunidade cristã católica, afirmando e confirmando a verdadeira necessidade do Deus Vivo em nosso cotidiano e a certeza que ele sempre estará conosco. Pelo Santíssimo Sacramento, podemos ter um contato físico com o Cristo de maneira tangível, caminhando assim na direção do céu e da gloria eterna com o Senhor.

Que possamos sempre ser conduzidos pela luz do Santíssimo Sacramento a Gloria Eterna, de mãos dadas com Maria, os santos e santas de Deus e toda a Igreja de Cristo, Santa, Católica, Apostólica e Romana, pois se Cristo é o caminho, a verdade e a vida, a Igreja é a carruagem que nos conduz através dele, não permitindo que venhamos a desviar.

Um grande abraço a Todos e que Deus os Abençoe neste dia tão importante!

Fontes:
http://wwwgtaenglish.blogspot.com/2011/06/historia-de-corpus-christi-history-of.html
http://saints.sqpn.com/saintjdu.htm
http://crismadocristo.blogspot.com/2010_06_01_archive.html

Mais para você:

  • De volta ao Vaticano: Papa conclui Exercícios EspirituaisDe volta ao Vaticano: Papa conclui Exercícios Espirituais Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco e seus colaboradores da Cúria Romana concluíram nesta sexta-feira os Exercícios Espirituais, que estão sendo realizados na Casa Divino Mestre, […]
  • Catequese sobre o Batismo: “Ninguém se salva sozinho!”Catequese sobre o Batismo: “Ninguém se salva sozinho!” Cidade do Vaticano (RV) – Nesta quarta-feira, 15, o Papa recebeu os fiéis na Praça São Pedro para a audiência geral. Francisco prosseguiu o ciclo de reflexões iniciado na última semana […]
  • O Fim dos TemposO Fim dos Tempos Jales - (RV) - O assunto pode parecer sem sentido. Ou inadequado. Ou ao menos inoportuno. Mas não faz mal colocar algumas ponderações, que encontram fácil justificativa no contexto de […]
  • Entendendo a Missa e como se preparar para elaEntendendo a Missa e como se preparar para ela Olá caro leitor. Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e o amor da sempre Virgem e Santa Maria, Mãe do Nosso Senhor (Lc. 1,43) Estejam convosco! Como prometido, damos inicio a nossa […]

Deixe seu comentário