Por que ir à Missa (pelo menos) todos os domingos?

Hoje em dia, a vida das pessoas é tão corrida que não conseguimos mais priorizar um tempinho para estar com nós mesmos e nos religar ao sagrado. Há quem nem lembre mais dessa esfera da vida, a espiritualidade. Porém, ao entrar novamente em algum ambiente que nos traz paz, nos acalma e tranquila, percebemos o quanto é importante separar, ao menos, um dia para pensar no que é, realmente, importante na vida. Ficou interessado no assunto? Então, você não pode perder este artigo: por que ir à missa (pelo menos) todos os domingo?

Antigamente, era mais comum as famílias irem até um local sagrado uma vez por semana, geralmente nos fins de semana, independente de sua religião. Isso porque, nos tempos mais antigos as pessoas ainda priorizavam um momento sagrado em suas vidas: algumas horas do dia para pensar no divino, pensar nas coisas que fez de bom, se arrepender das coisas que consideram errado e, além disso, renovar a sua esperança e os seus objetivos na vida.

Hoje, por outro lado, as pessoas com rotinas muito mais atrapalhadas, fazendo um milhão de coisas ao mesmo tempo, não conseguem separar um tempinho nem para introduzir a prática de exercícios físicos em prol de sua própria saúde e qualidade de vida, quanto mais um dia da semana para a sua espiritualidade – algo que chegam à considerar em terceiro ou quarto plano, depois do happy hour, entre outros compromissos. Ir à missa (pelo menos) todos os domingos, é uma maneira de se conectar à Deus e, mais do que isso, uma maneira de estar consigo mesmo e repensar em suas atitudes e sobre a sua presença no mundo.

Algumas pessoas acreditam que a missa é um ambiente somente para rogar por perdão, algo que livraria elas da maioria de seus pecados após a sua morte, que seriam pagos durante a sua temporada no purgatório. Outra coisa que muita gente acredita é que, indo à missa de maneira frequente, faz com que pensemos cada vez menos em tentações, nos distraia das coisas do mundo e faz com que nós voltemos o nosso pensamento somente para coisas divinas, para o bem e pelo bem, o que afastaria qualquer mau agouro da nossa presença. Porém, não é somente por isso que ir à missa (pelo menos) todos os domingos é importante.

ir à missa (pelo menos) todos os domingos nos torna abençoados

Você já parou para pensar na palavra “abençoar”? Quando dizemos que algo está abençoado, porque ele nos transmite uma sensação boa, de segurança, tranquilidade e confiança? De acordo com o dicionário, “abençoar”, por exemplo, aplicado em uma frase “o padre abençoou a menina”, quer dizer que o bem está sendo transmitido; a pessoa que abençoa almeja o bem.

Quando as pessoas arranjam tempo para ir à missa (pelo menos) todos os domingos elas estão sendo abençoadas, estão dentro de um ambiente em que está se desejando o bem, transmitindo boas energias, almejando que somente o bem cerquem as pessoas. Por isso, ir à missa (pelo menos) todos os domingos pode trazer uma carga de energia positiva para a nossa vida. E quando estamos em meio à tantas coisas boas, é natural que não pensemos em nada ruim, não desejemos nada ruim, que consigamos nos livrar de tentações como sentir inveja, raiva, ódio, entre outros sentimentos que só nos fazem mal.

No fim, ir à missa (pelo menos) todos os domingos, além de renovar a fé na religião que temos, também nos coloca em uma situação de paz e tranquilidade. Algo que é estritamente recomendado para qualquer idade, gênero, raça ou condição financeira.

Deixe seu comentário