Home » » A Liturgia das Horas.

A Liturgia das Horas.

A Liturgia das Horas



A oração pública e comum do povo de Deus é considerada com razão entre as principais funções da Igreja. nos primórdios, já os batizados eram "perseverantes em ouvir o ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações" (At 2,42). Várias vezes os Atos dos Apóstolos atestam que a comunidade cristã orava em comum.

Os documentos da Igreja primitiva também testemunham que os fieis, cada um em particular, se entregavam à oração em determinadas horas. Assim, muito cedo prevaleceu, em diversas regiões, o costume de reservar para a prece comum tempos fixos, como a última hora do dia, ao anoitecer, quando se acendiam as luzes, ou a primeira, quando, saindo o sol, a noite finda. Com o decorrer do tempo chegaram a santificar com uma prece também as demais horas, que os Padres viam insinuadas nos Atos dos Apóstolos. Aí, de fato, aparecem os discípulos reunidos às nove horas (At 2,1-15). O príncipe dos Apóstolos "subiu ao terraço para orar pelas doze horas (At 10,9). "Pedro e João subiam ao templo à hora da oração, às quinze horas" (At 3,1). "Por volta da meia-noite, Paulo e Silas, em oração louvavam a Deus" (At 16,5).

Essas orações, celebradas em comum, foram pouco a pouco aperfeiçoadas e organizadas como o ciclo completo das Horas. Enriquecida com leituras, essa Liturgia das Horas ou Ofício Divino, é antes de tudo oração de louvor e petição e é oração da Igreja com Cristo e a Cristo.

A Liturgia das Horas desenvolveu-se pouco a pouco, até se tornar a oração da Igreja local, onde veio a ser, em tempos e lugares estabelecidos, sob a presidência do sacerdote, como que complemento necessário a todo culto divino, que se encerra no Sacrifício eucarístico e que devia ter repercussão e estender-se a toda as horas da vida humana.

Tendo sido aumentado gradualmente, no correr dos tempos, o livro do Ofício divino (outro nome de Liturgia das Horas) tornou-se instrumento adequado para a ação sagrada a que se destina. Todavia, em várias épocas foram introduzidas modificações notáveis no modo de celebrar as Horas, contando-se entre estas modificações a celebração individual. Por isto não é de se admirar que o próprio livro, denominado Breviário, se tenha adaptado às várias formas, que exigiam muitas vezes composição diversa.

Com o Concílio Vaticano II foram feitas reformas também na Liturgia das Horas, até chegar à forma que hoje temos.

Sendo a oração de todo Povo de Deus, o Ofício foi disposto e preparado de tal maneira que nele possam tomar parte não apenas os clérigos, mas também os religiosos e os leigos. A celebração pode adaptar-se às diversas comunidades que celebram a Liturgia das Horas, segundo sua condição e vocação.

A Liturgia das Horas é uma santificação do dia. Por isso, renovou-se a ordem da oração, de tal modo que as Horas canônicas (Laudes, Terça, Média, Noa, Vésperas e Completas) possam mais facilmente adaptar-se às várias horas do dia, considerando as condições em que transcorre a vida humana em nosso tempo. Deu-se maior importância às Laudes (Manhã) e Vésperas (Tarde), partes principais de todo o Ofício.

De acordo com as normas dadas pelo Concílio, o Saltério distribui-se em quatro semanas. Para aumentar-lhe a riqueza espiritual, foram acrescentados às Laudes outros cânticos, tirados de livros do Antigo Testamento, enquanto que alguns cânticos do Novo Testamento, como pérolas preciosas, se introduziram nas Vésperas.

Nas Laudes foram acrescentadas as Preces, com as quais se quer consagrar o dia e se fazem as invocações para o início do trabalho cotidiano. Nas Vésperas se faz uma breve oração de súplica, estruturada como a oração universal. No final das Preces se introduziu a Oração do Senhor. Assim, considerando que é rezada também na Missa, se restabelece, em nosso tempo, o uso da Igreja antiga de rezar essa Oração três vezes ao dia.

A celebração da Liturgia das Horas, quando particularmente por esse motivo a Igreja se reúne, manifesta a verdadeira natureza da Igreja orante, da qual se revela como sinal maravilhoso.

Há pessoas (os ministros ordenados e os religiosos) que receberam da Igreja o mandato de celebrar a Liturgia das Horas. Estas devem cumprir seu dever todos os dias rigorosamente, com a recitação integral, fazendo coincidir, na medida do possível, com o verdadeiro momento de cada uma das Horas. Além disso, devem dar s devida importância sobretudo às Laudes e Vésperas. Estas pessoas não se sintam impelidas unicamente por uma lei a cumprir, mas antes pela reconhecida importância intrínseca da oração e pela sua utilidade pastoral e ascética.

A Liturgia das Horas estende pelas diversas horas do dia os louvores e ações de graças, como também a memória dos mistérios da salvação, as petições e aquele antegozo da glória celeste contidos no mistério eucarístico, "centro e ápice de toda a vida da comunidade cristã".

A própria celebração da Eucaristia tem por sua vez, na Liturgia das Horas, a sua melhor preparação; porquanto esta desperta e alimenta da melhor maneira as disposições necessárias para celebrar com proveito a Eucaristia, quais são a fé, a esperança, a caridade, a devoção e o espírito de sacrifício.

Estrutura das Horas

Laudes (Oração da manhã)

· Invitatório : V. Abri, Senhor os meus lábios. R. E minha boca anunciará vosso louvor. V. Glória ao Pai... R. Como era...
· Salmo Invitatório (geralmente o 94, mas pode ser também o 23, o 66 ou o 99).
· Hino : um para cada dia, exceto em tempos fortes (quando o hino é próprio).
· Salmodia : dois Salmos intercalados por um Cântico do AT.
· Leitura Breve
· Responsório breve
· Cântico Evangélico : Benedictus
· Preces
· Pai Nosso
· Oração final

Horas Intermediárias (Nove, Doze, Quinze)

· Introdução : V. Vinde o Deus em meu auxílio. R. E minha boca proclamará vosso louvor. V. Glória... R. Como era..
· Hino (fixo para cada hora)
· Salmodia : Três Salmos ou 1 menor e outro maior dividido em duas partes
· Leitura breve
· Responsório breve
· Oração final
Vésperas (Oração da Tarde)
· Introdução : V. Vinde o Deus em meu auxílio. R. E minha boca proclamará vosso louvor. V. Glória... R. Como era..
· Hino : um para cada dia, exceto em tempos fortes (quando o hino é próprio).
· Salmodia : dois Salmos seguidos de um Cântico do NT.
· Leitura Breve
· Responsório breve
· Cântico Evangélico : Magnificat
· Preces
· Pai Nosso
· Oração final
Completas (antes do repouso da noite)

· Introdução : Vinde o Deus...
· Hino : fixo
· Salmodia : um Salmo ou dois
· Leitura breve
· Responsório breve (fixo)
· Cântico Evangélico : Nunc dimittis
· Oração final
· Antífona final à Nossa Senhora

Ofício das Leituras (sem hora marcada)

· Introdução : Vinde o Deus...
· Hino
· Salmodia : geralmente um Salmo dividido em três partes
· Leitura Bíblica
· Responsório breve
· Leitura Hagiográfica (de um santo) ou Patrística (de um dos primeiros escritores da Igreja)
· Responsório breve.
· Oração final 





Texto do Pe. Edison Assunção


1 comentários:

  1. Encontrei a Liturgia das Horas online no site www.comunidadekairos.com

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário, logo que o mesmo seja aprovado pelos moderadores, ele será exibido logo abaixo da postagem. Obrigado e que Deus te abençoe e que Nossa Senhora te guarde.

Seguir por e-mail:

Mais lidas

Aborto Abraão Abstinência Abusos litúrgicos Advento Angelus Anjo da Guarda Anjos Ano da Fé Ano novo vida nova Anticristo Aparições Apocalipse Apologética Apostasia Apostólico Apóstolo do Brasil Armagedom Artigos Ateísmo Audiência Geral Aula Bach Beethoven Biografia Blasfemia Boa Nova Bruckner Bíblia Bíblia Católica de Jerusalém Bíblia de Jerusalém Cabala Campanha da Fraternidade Campanha da Fraternidade 2013 Canonização Canto Gregoriano Cantos Gregorianos Cardeal Caridade Carta Encíclica Casa comum Catecismo Catecismo de São Pio X Catequese Católica Ortodoxa Censura Chemtrail Ciência Clipe CNBB Companhia de Jesus Comunhão de joelhos Comunhão dos Santos Comunicado Comunismo Conclave Concílio Vaticano II Consagração Conspiração Constituição Sacrosantum Concilium Conversão Copa 2014 Corpos Incorruptos Cosagração Crise Crise econômica Cristianismo Cristão Católico Cristãos Cruzadas Cura Curso Católico Cântico das Criaturas Céu Círio 2012 Círio 2014 Círio de Nazaré Código de Direito Canônico Danação Debate político Defesa da vida Demônio Denúncia Deus Devoção Devoção ao Imaculado Coração de Maria Devoção ao Sagrado Coração de Jesus Dia de Finados Dia dos Namorados Diabo Dies Irae Direitos autorais Discurso Ditadura Divina Misericórdia Divinização Divisão Divulgação Doação Documentos Documentário Dogmas Dom Bosco Dom Cláudio Hummes Dom Estêvão Bettencourt Domingo de Ramos Dons Carismáticos Dores de Maria Doutrina Doutrina da Igreja Católica Download Católico Dragão Vermelho Ecad Economia Ecumenismo Editorial Educação Encíclicas Engenharia social Enquete Entrevista Era de Aquários Esperança Espiritismo Espiritualidade Espírito Santo Estudos bíblicos Eucaristia Evangelho Evangelii Gaudium Evangelização Exorcismo Exortação Extraterrestre Facebook Falso Pastor Família FARC FARC-EP Federico Lombardi Festa Litúrgica Filmes Filosofia Filósofo Fim dos Tempos Fiéis defuntos Formação Formação de Músicos Católicos Francis Arinze Franciscus Frank Matos Freira Gnosticismo Gogue e Magogue Gregoriano Guillaume Dufay Haazen Habemus Papam Hangout Hereges Heresia Hinário Litúrgico História Hobbit Homenagem Homilia Humanae Vitae Humanização Ideologia de Gênero Idolatria Igreja Igreja Ortodoxa Illuminati Imaculada Conceição Imaculado Coração de Maria Imitação de Cristo Inferno Intercessão Internet Irmã Irmã Faustina Irmã Miria Therezinha Kolling Islamismo Islã Jejum Jesus Jesus Cristo Jesuítas JMJ 2013 Johann Sebastian Bach Jornada Mundial da Juventude José de Anchieta José Joaquim Emerico Jovens Julgamento Pessoal Juventude Juízo Final Kairós Karl Marx Kyrie Eleison Latim Laudato Si Legião de Maria Leitor Liberdade Liturgia Liturgia das Horas Liturgia Diária Livros Lobo de Mesquita Luiz Astorga Lúcifer Macumba Magnificat Maomé Marca da Besta Marco Civil Marco Frisina Maria Madalena Maria Santíssima Martírio Marxismo Maçonaria Meditação Mel Gibson Mensagem Meteoros Michelangelo Microchip Milagre Eucarístico Milagres Ministério Missa de São Pio V Missa Gregoriana Missa Tridentina Missal Romano Missionário Missão Mistério Mistérios Dolorosos Mistérios Gloriosos Mistérios Gozosos Mistérios Luminosos Modéstia Modéstia Cristã Monges Monsenhor de Ségur Montfort Moral Morte Mostarda Mosteiro Motivacional Motu Proprio Movimento Gayzista Mozart Mp3 Mp4 Mundano Muçulmano Mártire Mãe de Deus Mídia Sem Máscara Mídias Sociais Místicos Música Música Antiga Música Barroca Música católica popular Música Colonial e Imperial Brasileira Música Internacional Música Polifônica da Renacença Música Polifônica Ibérica Música Sacra Músicas Músicas Carismáticas Músicas Clássicas Músicas Eruditas Músicas Instrumentais Músicas Internacionais Músicas Litúrgicas Músicas Medievais Músicas Sacras Músicas Seculares Nascituro Natal Natureza Neocatecumenal Noah Nossa Senhora Nossa Senhora da Assunção Nossa Senhora de Fátima Nossa Senhora de Nazaré Notícias Nova Era Nova Ordem Mundial Novena Novenas Novo Papa Noé Não Seja Mau Número 11 O Hobbit Oculto Ofício da Imaculada Conceição Olavo de Carvalho ONU Opus Dei Oração Orações Orlando Fedeli Os novíssimos OVINI Padre Padre Gabriele Amorth Padre Léo Padre Paulo Ricardo Padre Pio Padre Rodrigo Maria Padre Zezinho Pai Nosso Paixão de Cristo Palestra Papa Papa Bento XVI Papa emérito Papa Francisco Papa Franciscus Papa João Paulo II Papa João XXIII Papa Negro Papa Paulo VI Papa Pio X Papa Pio XII Papas Parusia Pascom Pastoral Patriarca Patrísticas Paz PDF Pecado Pecado mortal Pecado Original Pedofilia Penitência Pensamento Perdão Perguntas e Respostas Pergunte e Responderemos Perseguições Petição Pietá Pirataria Política Possessão Possessão demoníaca Postagens sendo editadas Pregação Pregações Pregações Carismáticas Profanação Profanações Profecias Programa de Rádio Project Blue Beam Projeto de lei Protestantismo Providência divina Pró-Vida PT Purgatório Páscoa Quaresma Quarta-feira de Cinzas Ramirez Rascunho Rastro Químico Reencarnação Reflexão Refutar Regina Caeli Regina Coeli Reino de Deus Religião Renovação da Igreja Renúncia Requiem Ressurreição Revolução Cultural Rezando Rezar Ritual Romano de Exorcismo Rock Rosário Rumores de Guerra Rádio Rádio Vaticana Sabedoria Sacramento Sacramento da Penitência Sacramento do Matrimônio Sacramentos Sacrifício Sagrado Coração de Jesus Salmo 102 Salmos Salvação Salve Rainha Samaritana Santa Missa Santa Sé Santidade Santo Antônio de Pádua Santo do Dia Santo Tomás de Aquino Santos Santíssima Trindade Satanismo Satanás Saúde Secularismo Segredos de Fátima Seitas Semana missionária Semana Santa Semente de mostarda Seminário de Filosofia Sermões Simonia Sinais dos Tempos Sites Slide Sobrenatural Socialismo Sociedades Secretas Sofía Sola Scriptura Solenidade Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus Sonho Suma Teológica Summorum Pontificum Sábado Santo São Francisco de Assis São José São José de Anchieta São José operário São João Batista São Luís Maria Grignion de Montfort São Mateus São Miguel Arcanjo São Pedro São Pio X Símbolos Sínodo Sínodo dos Bispos Te Deum Tempo Comum Teologia Terremotos Terça Livre Terço Testemunho Tibieza Todo Teu Todos os Santos Tomismo Totus Tuus Tradição Trailer Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria Trevas TV Nazaré Twitter UFO Urbi et Orbi Vai Crúcis Vaticano Verdade Vernáculo Via-crúcis Via-sacra Viagem Apostólica Viagem Missionária Vida Vigília Pascal Violência Virgem Maria Virgem Puríssima Vídeos Áudio Ética